Podologia

Ao longo dos anos, o número de diabéticos que necessitaram amputar uma parte ou até mesmo um membro inferior completo cresceu bastante. Por isso, os podólogos desempenham um papel essencial para o tratamento destes pacientes. Na maioria dos casos, as lesões dos membros inferiores são resultado de basicamente dois fatores de risco: neuropatia periférica e pés diabéticos.

Quando é acometido por alguma dessas enfermidades, o diabético torna-se mais propenso a pequenos traumas, provocados por objetos cortantes, perfurantes ou mesmo sapatos inadequados, o que pode levar ao aparecimento de úlceras. Assim, o acompanhamento de um podólogo torna-se primordial, pois este irá alertar, prevenir, educar e monitorar qualquer mudança que possa ocorrer nos pés destes pacientes.